image

O desenvolvimento de projectos em open source não é uma novidade, mas ganhou novo fôlego nos últimos meses, particularmente com a crescente  aposta em software. Em linhas gerais, o open source é um modelo de produção ou de programação que foge aos constrangimentos de copyright, livremente partilhado e modificado pelos utilizadores.

Investir em software em open source acarreta inúmeras vantagens,
sendo a mais óbvia a redução dos custos associados. Para além da
eliminição do custo inicial de aquisição, a manutenção e a optimização
poderão ser realizados internamente, sem necessidade de recurso a
consultores externos. Paralelamente, a possibilidade de customizar
livremente o software pré-existente, permite aos utlizadores a criação
de um produto único e efectivamente adequado às suas necessidades e
identidade.

Pela liberdade que caracteriza o espírito do open
source, existe ainda a certeza de que a comunidade envolvida na sua
utilização irá contribuir para a optimização e actualização permanente
do software, permitindo o seu crescimento e modernização contínuas.

São
vários os exemplos de software em open source que utilizamos no
dia-a-dia: o editor de imagem gimp.org; o navegador web Firefox e o irmão Thunderbird, servidor de email; moodle.org, a plataforma online que a pouco e pouco vai revolucionando o
e-learning; ou o WordPress, o mais completo e intuitivo sistema de criação e gestão de websites.
Enfim, apenas alguns exemplos de uma admirável lista – ficamos à espera dos teus exemplos nos comentários! 🙂

A aposta do Factory Academy na geração de competências e conhecimento nas áreas mais actuais, levou-nos à criação do Curso de WordPress, no qual irás aprender a criar um site bonito e de forma tão simples como alimentar um blogue. A próxima edição arranca já no dia 23 de Março! Junta-te a nós e revoluciona a forma como a tua marca de apresenta no mundo digital.

Copy: Isabel Leirós