A inegável e incontornável presença das redes sociais na vida dos clientes, lança novos desafios às marcas: na imensidão de informação diária com que os utilizadores são bombardeados, há que planear estrategicamente cada ação, pois cada segundo de atenção é uma janela de oportunidade.
Quando 60 a 80% dos utilizadores acedem às plataformas de redes sociais via smartphones, só nos resta aceitar que o marketing nas redes sociais virou uma realidade.

Para que nenhum detalhe falhe na tua estratégia digital, preparámos um guia rápido de perguntas e respostas. Se tiveres alguma dúvida, fala connosco através do WhatsApp. Aqui tens o nosso número: 912 917 735. Adiciona aos teus contactos! 🙌

Quais os passos essenciais da estratégia digital?

  1. Definir objetivos SMART
  2. Definir a buyer persona
  3. Selecionar as redes sociais adequadas
  4. Definir um guia de estilo e a personalidade da marca
  5. Planear as ações
  6. Implementar as ações
  7. Analisar os resultados

Qual a rede social dominante em Portugal?

São cerca de 8 milhões os utilizadores de redes sociais em Portugal, diariamente. Isto corresponde a mais de 78% da população portuguesa.

Das pessoas com idades compreendidas entre os 16 e os 64 anos, 87,8% utiliza o WhatsApp, seguindo-se do Facebook com uma taxa de 83,9%. *

E tu? Qual é a rede social que mais utilizas? Diz-nos nos comentários ou pelo WhatsApp.

*Dados We are Social e Hootsuite

Rede social mais utilizada em Portugal

Como posso criar imagens apelativas?

Quer em projetos profissionais ou pessoais, recomendo duas plataformas gratuitas. Mas é sempre preferível criares as tuas próprias imagens e vídeos.

  • Unsplash.com ou o Pixabay: bancos de imagens de alta resolução para utilização gratuita (ou não), para fins comerciais ou particulares;
  • Canva.com: não é preciso ser designer nem dominar o Photoshop, o Canva oferece recursos gratuitos (e pagos também) para transformar a identidade gráfica de qualquer imagem;
  • Figma: uma ferramenta dinâmica que te vai ajudar a criar conteúdo para redes sociais, websites ou aplicações conforme as tuas necessidades. O teu principal aliado para a criação de designs e protótipos incríveis.

O uso de vídeos é relevante?

Diariamente, há 4 biliões de visualizações de vídeos no Facebook. No entanto, quase 85% dos vídeos são vistos sem som no Facebook, sendo importante ponderar colocar legendas.

Os vídeos com mais resultados são os curtos (de 1 a 3 minutos) e com duração superior a 15 minutos para diretos. Isto, no Facebook.

As Instagram Stories podem ser utilizadas pelas marcas?

Podem e devem, sim!
Os seguidores adoram conhecer o lado mais realista das marcas. Ter uma porta de entrada para conteúdos exclusivos, o chamado “backstage”, é dos conteúdos mais fáceis de fazer e dos mais apreciados.

Redes Sociais

Melhor que os stories são os reels. De acordo com um estudo da Statista em junho de 2022, os reels no Instagram tiveram um alcance de utilizadores muito maior do que as publicações. As contas do Instagram com até 500 seguidores tiveram um alcance de quase 900%, enquanto as imagens tiveram um alcance de 77%.

Para contas entre 500 e 2 mil seguidores, os reels tiveram um alcance de cerca de 152% e as imagens tiveram um alcance de 27%. 

São igualmente vantajosos para promover produtos e serviços de uma forma mais criativa e envolvente do que simplesmente publicar uma foto.

Agora que o Instagram não apresenta vídeos sem ser em formato “reels”, esta pode ser uma forma de chegar a um público variado. Visto que o teu vídeo pode aparecer na página principal e no “scroll” de pessoas que não seguem o perfil da tua marca.

As #hashtags ainda são úteis?

Cada vez mais! 🤩
Primeiramente, a hashtag serve para agregar conteúdo semelhante, ou seja, é muito útil para agrupar conteúdo da marca e user generated content (conteúdo gerado pelos utilizadores), envolvendo ainda mais os fãs e seguidores da marca.

Uma boa hashtag faz toda a diferença no Linkedin, Tiktok e no Instagram; no Facebook é útil, mas não essencial.
Para conheceres as melhores hashtags, aconselho o site hashtagify.me.

 

O LinkedIn só serve para recrutar e encontrar trabalho?

Definitivamente, não.
Apesar desta ser a função mais óbvia, o LinkedIn é um excelente ponto de encontro para negócios. Mas, há que ter plena consciência de que apenas os colaboradores com um forte sentimento de pertença e identificação com a empresa, estarão disponíveis para utilizar a sua rede no LinkedIn para divulgar projetos da empresa – em rigor, tal acontece com outras redes sociais. O desafio às empresas é trabalharem em employer branding.

A título pessoal, serve ainda o propósito de branding pessoal: entre artigos, projetos e acumulado de experiências, poderá ser um bom portefólio de competências! 💼

 

Como criar uma estratégia de conteúdo coerente?

Há várias estratégias para planear conteúdo escrito e visual para a presença digital da marca. Uma forma simplificada de planeamento, é a implementação da Rule of Thirds:

  • ⅓ Conteúdo próprio
  • ⅓ Conteúdo de terceiros úteis para o público-alvo
  • ⅓ Conteúdo para criar engagement

Devo trocar mensagens com os meus seguidores?

Claro que sim!
A simplicidade do contacto no Facebook Messenger ou no WhatsApp deve ser colocado a favor da marca, transformando a inbox num canal de atenção ao cliente. Atualmente, podes utilizar ao máximo automatização de respostas ou ainda implementar um chatbot. Clica aqui para saberes mais! 🤓

Quando a rede social é utilizada como um catálogo de produtos ou serviços, deverás também criar oportunidades de diálogo na tua comunicação. Na descrição dos teus posts, por exemplo, incentiva os seguidores a enviarem uma mensagem. Sempre que nas redes do Factory Braga recebemos uma mensagem tua ou um comentário, reagimos assim:

Redes Sociais

Há também cada vez mais marcas, especialmente as internacionais, a utilizar o Twitter como ponto de encontro com os clientes, onde conseguem colocar dúvidas e obter respostas instantâneas. Por outro lado, o Twitter também tem tendência a ser uma rede social mais jovem, e por isso, mais informal.

Agora que já tens tudo para brilhar online, o teu negócio não voltará a passar despercebido. No meio digital encontrarás novos clientes e poderás sempre, sempre acompanhar o impacto de cada ação. E tudo isto, ao menor custo possível, quando comparado com ações de marketing offline. 😉

Há mais alguma dúvida fundamental por responder? Já sabes, fala connosco em 📥 ask@factorybraga.com ou pelo WhatsApp.