Ah, o Photoshop! Quem já leu o meu artigo de apresentação aqui no blog, já deve ter percebido o papel do software na minha carreira.
Para ir directo ao ponto, a ferramenta passou de hobby para profissão e, hoje, não há um dia em que eu não trabalhe com o meu queridinho da Adobe.

Mas o meu apreço pelo programa não é sem razão. Por isso, neste artigo, apresento alguns dos motivos pelos quais o Photoshop também pode passar a ser uma das ferramentas que te vão ajudar a crescer profissionalmente. Ou pessoalmente, porquê não? 

E que o jogo comece!

    1. Maior personalização

      Se trabalhas com a criação de conteúdo visual no Digital, principalmente para Redes Sociais, sabes que o Storytelling Visual é uma das principais estratégias de diferenciação. Além disso, estima-se que apenas 10% de uma informação lida são lembrados após 3 dias, enquanto que, no caso de uma imagem, 65% da informação é retida após o mesmo intervalo de tempo.

      E mais, criar imagens que envolvem, inspiram e surpreendem não só capta a atenção do utilizador como pode ser o início do relacionamento entre a marca e um futuro cliente.

      Actualmente, não faltam apps e plataformas online desenvolvidas para a edição de imagens. Entretanto, com o Photoshop, consegues ter a liberdade para criar. E, quando o assunto é presença online, awareness e branding, originalidade e identidade são duas palavras-chave!

    2. Optimização (para diferentes plataformas)

      Stories, feed do Instagram, feed do Facebook, imagens de capa, eventos e ads. Estes são apenas alguns dos tipos de publicações que podes partilhar nas redes sociais. Para cada uma delas, há formatos, tamanhos e dimensões que devem ser respeitados para que consigas os melhores resultados.

      Ao criar um layout base e depois optimizar as peças para cada finalidade, consegues ainda fazer o melhor uso do teu tempo. Como Social Media Manager, já trabalhei até 7 contas em simultâneo e foi assim, ao criar layouts base e estabelecer um método para a optimização do conteúdo, que consegui gerir o tempo e entregar qualidade e resultados para cada cliente.

    3. Publicação 360º

      Já deves conhecer as fotos panorâmicas que podem ser transformadas em publicações 360º no Facebook. Entretanto, com o Photoshop, consegues transformar qualquer imagem numa partilha 360º. Layouts, paisagens, infográficos… you name it!

      Um exemplo é esta publicação sobre a Academia de Verão 2019:

    4. Feed contínuo

      Conhecem o chamado “feed contínuo”? Então, o efeito é criado ao dividir uma imagem grande em quadrados. Ao partilhar estes quadrados na ordem correcta, é criado no feed um mosaico com a imagem original. Pareceu complexo? A técnica, que pode ser reproduzida em aplicações (embora com uma menor qualidade final), é simples e utiliza apenas duas ferramentas no Photoshop.

    5. Regra dos 20%

      Os Ads – ou publicações patrocinadas – são utilizados na maior parte das estratégias Digital. Entretanto, para obteres os melhores resultados, não deves pensar apenas na segmentação ou no copy! A imagem e, nomeadamente, a quantidade de texto que apresenta são factores que podem aumentar o custo e reduzir o alcance das tuas campanhas.

      Por fim, queres tirar o melhor de cada anúncio? Emprega a regra dos 20% de texto e cria o teu conteúdo já a pensar na utilização de cada peça.

    6. Gifs

      Verdade seja dita, quem não adora memes e gifs? Engraçados, humanos e actuais, estes conteúdos costumam ter bons números quando o assunto é engagement. Por isso, passam a fazer parte da estratégia de comunicação de muitas marcas. Control, estou a ver-te!

      Se tens como objectivo aumentar a proximidade entre a tua marca e o público, além de reforçar um posicionamento descontraído, cool e divertido, esse conteúdo pode ser um caminho. Principalmente se as peças forem desenvolvidas dentro do storytelling da marca.

       

    7. Todos os caminhos levam a Roma

      Quando me perguntam como chegar a um resultado X no Photoshop, essa é uma das frases que vêm em mente. Afinal, com tantos recursos e ferramentas, existem diversas maneiras de atingir um só resultado. And I love it!  Porque o próprio software nos faz puxar pela cabeça, encontrar atalhos e desenvolver os nossos processos. Entretanto, como ajuda e orientação sempre são bem-vindas, partilho as minhas principais técnicas e métodos na formação prática de Photoshop para Redes Sociais. Fica a saber mais aqui!