São vários os exemplos que nos chegam de fora sobre a importância da programação:

– Ainda em 2014, por
exemplo, o Reino Unido introduziu o ensino de programação no currículo
académico
, como disciplina obrigatória;
– Em França foi introduzida como
disciplina optativa ao nível do ensino primário;
Finlândia e Itália
preparam medidas semelhantes.

O mais reconhecido caso de sucesso é o da
Estónia, um país que conta com cerca de um milhão de habitantes e onde
nasceu o Skype, que em 2011 introduziu aulas obrigatórias de programação
no programa do 1.º ano escolar
.

A União Europeia tem como meta
para o ano 2020 a capacitação dos recursos humanos ao nível tecnológico,
face à provável necessidade de cerca de 900.000 profissionais no espaço
comunitário. E eu quero que Braga siga este caminho pioneiro!

O orçamento participativo é uma das mais interessantes formas de cidadania dos nossos tempos. Somos convidados a apresentar e escolher projectos de desenvolvimento e dinamização da comunidade.

Eu própria decidi apresentar um projecto e já podem votar nele!

image

O meu projecto consiste na criação de um clube de programação nas escolas públicas de Braga, criando a oportunidade a alunos do 2º Ciclo de dar os primeiros passos em programação informática, preparando-os para o mundo digital, com particular interesse em capacitá-los para o mercado de trabalho que se antecipa.

O projecto contempla o fornecimento de equipamentos Kano às escolas públicas de Braga, específicos para a aprendizagem nesta faixa etária. De uma forma divertida, as crianças desenvolvem a capacidade de análise, raciocínio lógico, resolução de problemas, gestão de projecto, entre outras actividades. A participação dos jovens estudantes será gratuita!

Conto com o teu apoio?

Vota no projecto aqui —-> Projecto número OP16/PROJ000031

Divulga junto dos teus amigos! (Facebook)

Copy: Catarina Sousa